SABÓ COMEMORA 75 ANOS NA AUTOMEC COM FOCO NA REPOSIÇÃO

Quem esteve presente na Automec, a maior feira do setor de Autopeças da América Latina que ocorreu de 25 a 29 de abril no Expo São Paulo, na capital paulista, pôde passar pelo estande da Sabó e ver que a empresa estava em clima de comemoração.

Completando 75 anos, com muito orgulho de ser uma multinacional 100% brasileira e reconhecida mundialmente pela qualidade e tecnologia de seus produtos e serviços, passear pelo espaço da Sabó no evento era como estar numa galeria de arte: havia dez quadros montados como verdadeiras obras, com aplicação de juntas e retentores da marca nas telas. Também estava exposto o 1º carro de entregas da Sabó, uma Ford F1, 1951. Uma preciosidade!

Como uma das características mais marcantes da Sabó é o relacionamento, ela preparou um espaço especial e inusitado para os seus visitantes: quem fizesse seu cadastro no estande e fosse sorteado, poderia ser atendido pela “Barbearia Sabó”, recebendo um tratamento especial na barba.

Já na parte técnica, a Sabó apresentou além de lançamentos de retentores, juntas e sua linha de Sabó Total (Rolamentos de Cardan, Parafuso para Fixação de Cabeçote, Coifas para Reparo de Juntas Homocinéticas, Linha Metal Borracha (Buchas, Batentes e Coxins), Kits para Cubo de Roda), produtos aplicados em motores três cilindros nacionais e transmissões automáticas híbridas americanas (transmissões impulsionadas por um motor interno, conjugado com um motor elétrico de alto desempenho), como parte de seu portfólio de produto: retentores, juntas e pistões hidráulicos.

Para dar mais dinamismo ao entendimento do público sobre a aplicação dos produtos, a empresa demonstrou através de displays construídos e desenvolvidos baseados em motores e transmissões reais em vista de corte, bem como os aparatos mecânicos que simulam as condições de aplicação, ou seja, o público pôde visualizar o funcionamento do retentor aplicado ao agregado em tempo real.

Os quesitos de baixas emissões, economia de combustível e redução de atrito são direcionadores mundiais que irão estar presentes nas principais montadoras nos próximos anos. Dentro destes direcionadores a SABÓ destacou o que há de mais moderno e inovador nas novas gerações de vedadores como:

  • Sistema de vedação utilizando roda fônica de última geração, com o diferencial de estar acoplada e integrada ao sistema, isentando as montadoras de maiores custos e tempo de usinagem e montagem, agilizando a linha de produção. Ilustrou com um motor 3 cilindros incorporando uma roda fônica no sistema de vedação para o gerenciamento eletrônico do motor.
  • Já para a Linha Agrícola, a empresa levou para o estande um novo display, demonstrando o funcionamento do mecanismo e aplicação de um retentor tipo BY cassete conhecido também como “retentor blindado” utilizado em aplicações com alto nível de contaminações (impede entrada de contaminantes).
  • Sistema integrado de vedação e monitoramento de frenagem nos cubos de roda - apresentou solução para aplicações na Linha Pesada.

Os novos sistemas de vedação demonstrados pela SABÓ vêm de encontro com a obrigatoriedade da legislação em vigor desde 2015, de que todos os veículos já saiam de fábrica com o sistema ABS nos freios, aumentando a segurança de frenagem em momentos críticos.

A Automec 2017 teve novamente unidos os mercados Leve e Pesado, recebeu mais de 74,2 mil visitantes, superando os 70 mil esperados pela organizadora e teve 1.500 expositores de todo o mundo.

"A unificação das linhas Leve e Pesada foi muito boa, a feira estava movimentada todos os dias, com clientes, reparadores, balconistas realmente interessados em negócios, lançamentos, novidades. Recebemos clientes da América Latina, reencontramos parceiros de todo o Brasil. Paralelamente promovemos visitas à fábrica e mantivemos o relacionamento, marca forte da Sabó com o reparador, como carro chefe do estande. Consideramos essa Automec como mais um evento de sucesso!", comenta João Conrado, Gerente de Aftermarket Sabó.

Texto: Paula Skoretzky/PSC Comunicação - Assessoria de Imprensa SABÓ
Foto: Divulgação