0800 77 12 155

SABÓ apoia novo desafio do Projeto Rota do Asfalto

SABÓ apoia novo desafio do Projeto Rota do Asfalto
ROTA DO ASFALTO

Comprar e restaurar um veículo clássico e depois sair cruzando o continente com esse carro em uma viagem de mais de 7 mil km. Esse é o resumo da aventura da dupla de pai e filho, Wagner e Raphael, planejada para começar no início de outubro. E a SABÓ vai junto nessa.

O projeto Rota do Asfalto une a paixão de pai e filho por duas coisas inseparáveis: carros e viagens. O tecnólogo em soldagem Wagner Peres Coronado e o filho Raphael Pimpinato Peres, sócios na Synergic Soldagem e Serviços, empresa de consultoria na área automobilística, tem um hobby em comum: viagens com carros antigos.
Como o próprio Wagner conta em sua coluna no site Auto Classic (www.autoclassic.com.br ), ao contrário da maioria dos colecionadores, que exibem com orgulho as baixas quilometragens em seus veículos, eles adoram ver os marcadores subindo a contagem de quilômetros rodados nos hodômetros dos carros antigos que possuem.
Wagner e Rapha agora se preparam para mais um desafio sobre rodas, preparando uma perua Ford Belina ano 1988, adquirida há mais de dois anos, e que contará com o apoio da marca SABÓ, pois eles tiveram o cuidado de utilizar um jogo de juntas da linha Clássicos SABÓ na recuperação do motor do veículo.
Eles visitaram a SABÓ e foram recebidos pela coordenadora de marketing Daniella Vieira Carrer, e selaram o apoio da marca na nova empreitada, e já saíram com um jogo de juntas da linha Clássicos SABÓ para renovar todo o motor da Belina, com quase 35 anos de fabricação.
sabo21
Esse cuidado na utilização de componentes de tradição e marcas renomadas em suas restaurações é, na realidade, um compromisso de pai e filho, pois uma aventura não quer dizer falta de planejamento e improviso.
Como Wagner faz questão de enfatizar, “toda viagem que realizamos do projeto Rota do Asfalto é baseada na restauração segura e planejamento meticuloso de todas as etapas da viagem, para que possamos trazer boas histórias e imagens, com o mínimo de imprevistos. E completa: “Não quero contar uma história cheia de percalços, com um monte de problemas no carro e ter que improvisar consertos ou, o que seria pior, terminar a viagem em cima de um reboque.”
Essa não é a primeira vez que a dupla percorre o território Sul-americano com um modelo da Ford. Antes dessa viagem com a Belina, eles já fizeram viagens com um Del Rey GL 1986 ao Interior e Litoral do Estado de São Paulo e, em seguida, passaram para uma travessia da América do Sul de Leste a Oeste.
Desde 2020, o Ford Belina 1988 vem sendo preparado e também já fez algumas viagens mais curtas, percorrendo trajetos pelo litoral norte paulista e outras cidades próximas da capital, cumprindo etapas antes do começo de outubro, quando o destino da aventura a bordo da perua Ford será a Cordilheira dos Andes. No total, serão percorridos 7.000 km no trajeto de ida e volta e muitos desafios terão que ser superados, como as típicas condições climáticas da região, com temperaturas negativas e ar rarefeito.
sabo22
Essa aventura do projeto Rota do Asfalto poderá ser acompanhada no canal do projeto no YouTube (https://www.youtube.com/c/RotadoAsfalto).
Lá estão publicados todos os vídeos da restauração do Ford Belina e a preparação do veículo para a essa expedição, além da opção de acompanhar as etapas da viagem nas redes sociais do projeto (www.facebook.com/rotadoasfalto ), em que Wagner e Rapha postaram algumas notas sobre os 16 dias previstos para a viagem.
Com certeza teremos muito mais para contar no retorno da dupla com a perua Belina.
Aguardem e confiram no próximo Caderninho SABÓ.

Compartilhe esta notícia

Categoria

Recentes

Pesquisar artigos do caderninho Sabó
Notícias Relacionadas