Tudo indica que o mercado de reposição vai fechar 2020 com crescimento

mercado repoisção

Tudo indica que o mercado de reposição vai fechar 2020 com crescimento


Enquanto o FMI prevê um queda de 5,8% no PIB brasileiro e a Anfavea estima que os níveis normais de produção da indústria automotiva nacional só seja recuperado em 2025, o mercado de reposição e reparação automotiva independente projeta crescimento, pequeno, é verdade, mas um bom sinal para os milhares de profissionais das oficinas e balcões de autopeças.

reposicao1 sabo
Monitoramento CINAU aponta bons motivos para sorrir nas oficinas mecânicas em 2020

O prognóstico para 2020 era muito sombrio. Desde o segundo trimestre, quando a pandemia causada pelo Covid-19 forçou o fechamento dos serviços não essenciais e restringiu a circulação das pessoas, as previsões dos resultados em 2020 eram de queda na demanda, falta de dinheiro nas mãos do consumidor, recessão e desemprego. 

Faltando menos um mês para o encerramento de 2020, não dá para bater o martelo e afirmar que esse cenário pessimista se confirmou, mas pelo menos no setor de reparação automotiva o resultado indica um cenário menos trágico.

Enquanto o Fundo Monetário Internacional (FMI) já indica que neste ano o PIB (Produto Interno Bruto – que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país ao longo do ano) deve cair 5,8% e a Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, estima que a produção brasileira irá encolher 35% em relação ao resultado de 2019, já avisando que na melhor das hipóteses, com um crescimento médio de 11% a partir de 2021, a recuperação do mercado brasileiro ao mesmo nível de 2019 (2,8 milhões de unidades) somente acontecerá  em 2025, o aftermarket automotivo apresenta um resultado bastante diferente. 

O monitoramento semanal realizado pela CINAU – Central de Inteligência Automotiva, registra que o movimento nas oficinas tem se mantido, de forma sustentável, em um nível superior à média do ano de 2019. Segundo este indicador, se o ritmo for mantido, o mercado de reposição de autopeças fechará 2020 com um crescimento de 0,86% em relação ao observado em 2019.

comparacao reposicao sabo
A média de passagens nas oficinas mecânicas em 2019 foi de 960 e neste ano a média já está próxima dos 908 veículos/ano (resultado até o 3º trimestre de 2020)
comparacao2 reposicao sabo
Em maio passado, apenas 69% das oficinas estavam funcionando normalmente. Este índice vem crescendo mês a mês e no monitoramento CINAU de outubro o percentual chegou a 84%

Mas, assim como não podemos relaxar e abandonar os cuidados para evitar o contágio e transmissão do novo coronavirus, uma vez que a pandemia ainda não foi totalmente superada, ainda é cedo para comemorar e ficar apenas esperando que o consumidor venha em busca de nossos serviços e peças. É hora de intensificar a comunicação com os consumidores e colocar sua empresa no radar do cliente.

Tradicionalmente, os meses de novembro e dezembro costumam ser bons para as oficinas e, apesar de ser um ano atípico, é de se esperar que o cliente continuará fazendo suas revisões de fim de ano e as manutenções para as viagens de férias. 

Com as viagens aéreas financeiramente menos acessíveis e os destinos internacionais ainda fechados, com certeza a opção será pelos deslocamentos rodoviários, com os veículos na estrada e a segurança de bom funcionamento garantida pelos bons serviços de sua empresa e peças de qualidade assegurada e de boa procedência, como SABÓ, é claro.

pecas reposicao sabo
Compartilhe!