SABÓ traz o Salão do Automóvel até você

Salao_automovel_audi etron

SABÓ traz o Salão do Automóvel até você


Calma! A gente sabe que não haverá o Salão do Automóvel neste ano. Com a desistência de diversas montadoras e a pandemia, a edição do Salão foi adiada para 2021 e infelizmente não será possível circular pelos estandes das montadoras e importadores e conhecer os novos lançamentos. Mas para que você não fique totalmente por fora, a SABÓ preparou um Salão do Automóvel virtual. Conheça alguns dos novos modelos que com certeza estariam nos estandes.

Normalmente realizado a cada dois anos, o Salão do Automóvel de São Paulo não acontece na data prevista entre os dias 12 e 22 de novembro. A organizadora estima que o evento ocorrerá em 2021, sob novos moldes, mas ainda sem data definida. 

Mas você não ficará sem conhecer os novos lançamentos do mundo automotivo. No Salão Virtual do Automóvel SABÓ vamos mostrar alguns destes modelos. Alguns já foram apresentados e outros só veremos nas ruas no ano que vem. Agora, coloque uma roupa confortável, acomode-se e bom passeio.

Audi Q7

Inspirado no Q8, a reestilização da segunda geração do Q7 deveria ser apresentada neste Salão do Automóvel, pois sua venda está prevista para começar até julho de 2021. Por fora, o SUV de luxo teve a grade frontal modificada e faróis e lanternas atualizados. Todo o painel e console também foram renovados para o reposicionamento da central multimídia. E o motor a gasolina passa a ter 340 cv e 51 kgfm, com câmbio automático de oito marchas e tração integral quatro. Preço estimado de R$ 450 mil.

Audi RS 6 Avant

Outra reestilização da Audi. Esta perua considerada a mais rápida do mundo deveria ser uma das estrelas da marca no Salão do Automóvel de São Paulo. A RS 6 Avant tem motor 4.0 TFSI biturbo, com 600 cv e 81,5 kgfm de torque, 40 cv a mais que a versão anterior, com câmbio automático de oito marchas. Pelos dados fornecidos pela montadora, vai de 0 a 100 km/h em 3s6 e a velocidade final pode ser de 305 km/h. Preço previsto de R$ 680 mil.

Audi e-tron

Este é primeiro SUV elétrico da Audi e já pode ser reservado para compra em duas versões: Performance e Performance Black. É equipado com dois motores elétricos que geram 408 cv e levam o utilitário esportivo de zero a 100 km/h em menos de 6s. O preço inicial é de aproximadamente R$ 460 mil na versão Performance.

Caoa Chery Tiggo 8

Este modelo já foi apresentado no Salão anterior, em 2018, mas ainda não produzido no Brasil. Na versão 2021, o Caoa Chery Tiggo 8 será o maior SUV da marca chinesa, com sete lugares e 4,70 metros de comprimento. O motor deverá ser o 1.6 turbo, que rende 200 cv, porém tropicalizado para uso bicombustível (flex). O câmbio será o robotizado de dupla embreagem e seis marchas e a fabriacção ocorrerá na mesma unidade dos Tiggo 5X e Tiggo 7, em Anápolis (GO). Preço estimado de R$ 140 mil.

Caoa Chery Arrizo 6

O Caoa Chery Arrizo 6 é o lançamento da marca no segmento dos sedãs médios. Lançado no final de junho passado, o modelo conta com o motor 1.5 16V  turboflex de quatro cilindros e injeção indireta de combustível, aliado a uma transmissão automática do tipo CVT que simula nove velocidades. São 150 cavalos de potência no etanol e 147 cavalos na gasolina. O preço varia entre R$ 98 mil e R$ 110 mil.

Chevrolet Tracker

Outro SUV que passou por uma reestilização. A versão 2021 deverá estar na rua em março do ano que vem, porém a GM já está distribuindo o novo Tracker tanto na versão LT 1.0 Turbo, quanto na topo de linha, a Premier. O Tracker Premier tem o inédito motor 1.2 Turbo Flex com 130 cv e 19,6 Kgfm de torque com gasolina. Com etanol a potência sobe para 133 cv e o torque para 21.5 Kgfm. A transmissão é automática com conversor de torque de 6 marchas. O preço sugerido é de R$ 113.600, já com pintura metálica e teto solar.

Citroën C5 Aircross

Mais um SUV médio. É a versão 2021 do Citroën C5 Aircross, que é híbrida, e ainda não tem data para chegar ao Brasil. O C5 Aircroos tem dois motores: um elétrico com 100 cv, e o outro 1.6 Turbo, fornecendo 180 cv. Juntos, eles conseguem entregar até 225 cv e 32,6 de torque. O preço previsto é de R$ 150 mil.

Ford Territory

Ele foi a atração da Ford do Salão do Automóvel de 2018 e finalmente chega ao mercado nacional. O crossover Ford Territory é importado da China e equipado com motor 1.5 turbo Flex e câmbio CVT. Será vendido em duas versões, SEL e Titanium, com preços de R$ 165.900 e R$ 187.900, respectivamente.

Jaguar F-Type

Recém-atualizado na Europa, o F-Type já está disponível nos catálogos das revendas da marca no Brasil, embora ainda não esteja no show-room. Disponível nas carrocerias cupê e conversível, o Jaguar F-Type mantem as opções de motor 2.0 de quatro cilindros e 300 cv, e o motor 3.0 V6 de 380 cv e 5.0 V8 de 450 cv. O preço ainda não foi publicado, mas deve girar em torno dos R$ 360 mil.

Kia Seltos

Importado da Índia, o SUV já roda na Argentina em versão única de motor 1.6 litros e câmbio automático de seis marchas. O crossover Seltos, da Kia, foi lançado no País vizinho agora em setembro e alguns modelos foram surpreendidos rodando camuflados pelas estradas brasileiras, o que indica que o modelo pode ser apresentado ainda neste ano ao consumidor brasileiro. O Kia Seltos LX tem motor 1.6 aspirado e câmbio automático de 6 marchas. O preço sugerido é de US$ 31,500, cerca de R$ 166.950 numa conversão direta.

Volkswagen Nivus

Este modelo já estreou oficialmente em terras brasileiras, mas com certeza seria uma das grandes atrações (e ponto de aglomeração de visitantes) no Salão. O SUV cupê Nivus é um modelo inédito e produzido na fábrica VW de São Bernardo do Campo (SP). O motor é o EA211 1.0L 200 TSI, turbo de três cilindros, que rende 128 cv e 20,4 kgfm com etanol e 116 cv e o mesmo torque com gasolina. Este motor é equipado com a Flange de Vedação Traseira com Sensor IOSS e sistema Start&Stop SABÓ, a mesma que também equipa os modelos Polo e Virtus. Segundo dados de fábrica, acelera de 0 a 100 km/h em 10 segundos e pode chegar à velocidade máxima de 189 km/h. Os preços iniciais variam entre R$ 85.890 (Comfortline) e Highline (R$ 98.290).

Volkswagen Tarek

Outra atração do estande VW seria o Tarek, que será feito na Argentina e deve contar com o mesmo 1.4 TSI flex de 150 cv do T-Cross Highline. Ele ocupará a faixa de consumidores onde hoje está o Tiguan de cinco lugares. O Volkswagen Tarek foi desenvolvido para ficar abaixo do Tiguan Allspace e substituir o Tiguan de 5 lugares em alguns mercados. A previsão era de que ao fim deste ano o modelo já estivesse rodando na América Latina, mas com os contratempos gerados pela Covid-19, a montadora adiou os planos para 2021. O preço previsto é de R$ 125 mil.

Ufa! Cansou da visita pelos estandes? 

Então, relaxe e aproveite para ler as outras novidades do seu Caderninho SABÓ.

Compartilhe!