Um carro que anda na terra e na água

um carro que anda na terra e na agua

Um carro que anda na terra e na água


Você provavelmente já ouviu falar em carro anfíbio, veículo capaz de sair direto da terra para a água e continuar se movimentando como um barco. Pois saiba que ele já existe há mais de um século.

Apesar de terem sido projetados desde antes de 1900, foi na Segunda Guerra Mundial que teve seu maior desenvolvimento. O mais significativo foi o Volkswagen Schwimmwagen, construído de 1938 a 1944. Ele foi uma solicitação de Adolf Hitler e nasceu para atender tropas alemãs durante a II Guerra Mundial e, por isso, tinha alguns propósitos bem específicos, como fazer reconhecimento, entrar em combate e até navegar, quando preciso. A carroceria anfíbia foi projetada por Erwin Komenda usando o motor e o trem de acionamento do Kübelwagen.

veiculos de guerra anfibio

Já o Amphicar foi o primeiro veículo anfíbio civil e o de maior sucesso produzido até hoje. Lançado no Salão do Automóvel de Nova York de 1961, era fabricado na Alemanha Ocidental e foi comercializado nos Estados Unidos de 1961 a 1967. Teve a sua produção encerrada em 1965. Usava o motor de 1.147 CC da britânica Triumph Herald 1200.

amphicar

Descendente do Volkswagen Schwimmwagen, o Amphicar oferecia apenas um desempenho modesto em comparação com a maioria dos barcos ou carros contemporâneos.

Já mais recentemente, em 2013, uma empresa americana começou a receber pedidos por um modelo anfíbio. Com aparência de um Jeep CJ-8, o WaterCar Panther é totalmente customizável e custa em torno de US$ 135 mil (cerca de R$ 305 mil).

water car phanter

Com motor V6 de 3.7 litros e 250 cavalos de potência, que também equipa SUVs da Honda e Acura, o Panther alcança 70 km/h na água e 128 km/h em terra. O interior configurado para até quatro pessoas é revestido de vinil e pode receber os mesmos acessórios do Jeep CJ-8.

O segredo da WaterCar é o desenho do casco preenchido com poliestireno extrudido para não afundar e o chassis construído com aço inoxidável. Além disso, um caixa de transferência patenteada em 2004 converte a energia do motor para a turbina que impulsiona o carro na água.

Quer um anfíbio com ares futurista? Então seu carro-barco é o Scamander, uma proposta de carro anfíbio que pode seduzir quem é sedento por bom desempenho na terra e por visual futurista. Idealizado por Peter Wheeler, um designer de carros esportivos inglês, o veículo carrega um motor V6 de 300 cavalos.

Scamander

Em terra, o Scamander pode atingir a velocidade máxima de 193 km/h e fazer de 0 a 100 km/h em cerca de oito segundos. Embora não seja um desempenho estonteante para um carro esportivo, são números interessantes de um veículo que não está confinado ao pavimento das ruas e estradas. Além destes trechos, o Scamander foi desenvolvido para se dar bem no off road e, claro, navegar com naturalidade.

Na água, o Scamander tira partido do bom torque do motor V6 para rotacionar a hélice propulsora, colocada na parte posterior do veículo. O perfil alto do carro e o aspecto robusto, garantem uma linha de flutuação alta.

Já a icônica Lotus Esprit usado pelo ator Roger Moore em ‘007 – O espião que me amava, que você vê nas fotos abaixo e no topo deste post, não apenas andava na terra e sobre a água, mas também debaixo da água, como um submarino.

Infelizmente, esta relíquia não está mais disponível. Um fã dos filmes de James Bond arrematou o “carro-barco-submarino esportivo” em um leilão realizado em 2008. O comprador pagou a bagatela de 111,5 mil libras (US$ 166 mil) para ter a Lotus Esprit 1977.

Mas não fique triste por perder esta pechincha. O veículo não tem a capacidade de virar um submarino. O modelo que andava debaixo de água era, na realidade, uma carroçaria Lotus com algumas alterações hidrodinâmicas e quatro propulsores eléctricos. O interior não era estanque e por isso, o capitão tinha que estar munido de equipamento de mergulho. Apenas, mais um truque de cinema.

Lotus Spirit
Compartilhe!