SABÓ adota novos hábitos e cuidados contra a pandemia

mosaico-covid

SABÓ adota novos hábitos e cuidados contra a pandemia


Atualmente o mundo vive uma fase incerta, insegura e necessitada de muita empatia, bom senso, gratidão e claro, união.

Pensando na segurança de seus funcionários e em todos os compromissos assumidos com o mercado, a SABÓ se adequou a nova realidade e às recomendações de agências sanitárias para que os impactos da Covid-19 fossem minimamente sentidos dentro da empresa.

Como medidas de segurança, todos os dias, no horário de entrada da fábrica, todos os funcionários passam por aferição de temperatura e verificação do uso das máscaras que a empresa cedeu. Foram instalados em vários pontos dentro da fábrica, tambores customizados transformados em lavatórios, estimulando a ampliação da lavagem de mãos com água e sabão, além de dispostos tótens com álcool gel, evitando a circulação desnecessária de pessoas pelos setores.

O horário do almoço dos turnos está ocorrendo com mesas mais espaçadas, cadeiras distanciadas, evitando aglomerações dentro do refeitório, onde também há o álcool gel disponível para todos garantindo a higienização na entrada. A distribuição de talheres pré-separados evita mais um ponto de contágio. Todo o protocolo de atuação, disciplina e comportamento dos prestadores de serviços internos aos restaurantes e dos usuários foi reestruturado, incluindo como lidar com as máscaras: só podem ser removidas quando já sentado e no momento imediato de alimentar-se, com uso de sacola apropriada, seguida de higienização com álcool gel disponível nas mesas. Uma nova máscara só será colocada pós a higienização bucal, já fora do refeitório.

Na parte administrativa, sempre que possível foi direcionado o trabalho em regime de home-office. O amplo acesso aos sistemas digitais da empresa e a recursos de conferências virtuais permite que nenhum projeto sofra perdas com o novo modelo instituído, bem como nenhuma rotina se veja afetada. A sólida evolução digital colocou a SABÓ em condição robusta para seguir em frente.

“Esperamos que toda essa fase passe rápido e que possamos ter um “novo normal” em breve. Adotar essas novas medidas e hábitos, é a forma que torna possível desempenhar as funções relevantes de nosso negócio com segurança, em primeiro lugar e com mínimo impacto. Fornecemos itens que participam de cadeias produtivas consideradas essenciais pelas entidades especialistas, no Brasil e no exterior, que continuam a trabalhar para segurança da população: precisávamos manter nossa produção para que não houvesse desabastecimento.”, explica Ricardo Avila, Diretor Industrial da SABÓ.

Além de todas essas iniciativas internas, a SABÓ também está ajudando a sociedade através da confecção de máscaras de acetato com estrutura 3D (tipo face shield) – doadas para hospitais que atendem comunidades próximas às localidades onde a empresa mantém suas fábricas, além de estar projetando e desenvolvendo componentes de respiradores para unidades de terapia intensiva. A empresa, ainda, ofereceu sua mão de obra especializada para contribuir com o Senai na manutenção de respiradores, e está desenvolvendo produção local de componente que foi apresentado pela equipe Senai como um dos itens de acesso local não resolvido;

 

Texto: Paula Skoretzky / PSC Comunicação – Assessoria de Imprensa Sabó
Foto: Divulgação

Compartilhe!